Professor se diz empolgado para a final e comenta: “Se a gente executar o plano de jogo, vai dar tudo certo”

Professor se diz empolgado para a final e comenta: “Se a gente executar o plano de jogo, vai dar tudo certo”

109 views
0

A Vivo Keyd venceu na segunda feira a Havan Liberty por 3×0 e conquistou a vaga na final. O sentimento é de estar a um passo da volta ao CBLOL, mas com um gostinho de quero mais. A organização finalmente pode conquistar um titulo após muito tempo.

Conversamos com o Professor, suporte da Vivo Keyd, sobre a série, sua participação na equipe, como é ser uma referência, a gritaria no stage e a preparação para a Finalíssima. No finzinho o suporte mandou um recado a legião guerreira, torcida da Vivo Keyd.

Confira em vídeo e a transcrição abaixo:

O Placar de 3×0 Engana?

Professor: Acho que o placar engana um pouquinho, poderíamos ter feito jogos mais convincentes. Acho que no primeiro jogo foi bem clean, bem one-sided, mas no segundo e terceiro demos umas escorregadas. Mas mantivemos o plano de jogo e pensar no melhor que a gente podia fazer pra situação e conseguimos a vitória. Talvez numa final a gente seja punido por isso e até talvez perca jogos. O placar não importa muito, mas sim que queríamos ganhar.

Como é a experiência de ser referência para a formação nova da equipe?

Professor: De começo foi um choque… eu nunca tive… eu não me acho um dos pilares da equipe pra ser sincero. Eu acho que eu não tento jogar este tipo de coisa pra cima de mim. Acho que em questão de ser referência não é uma coisa que eu me importo muito. Eu só quero ter um jogo que seja consistente, que todos os jogadores possam brilhar. Então tem jogos que eu brilho, tem jogos que o Nosferus brilha, como no jogo que Qyiana que foi muito bom. Então eu só penso mais em como a gente pode usar os recursos que a gente tem em nossa equipe e ter cinco jogadores que possam rodar o jogo, então, não tem muito isso pra mim de “ah, você é referencia, você é a base” pra mim isso não importa.

O clima de Circuitão facilita a gritaria?

Professor: “Fazia muito tempo que eu não jogava em stage. A atmosfera permitiu que eu conseguisse me exaltar um pouco mais, mas esse não é o meu foco. O meu foco era só ganhar, então, pra mim só foi coisa de calor de momento, sabe.

O Adversário da Final preocupa?

Nota: a entrevista foi realizada antes da definição do adversário

Professor: Pra ser bem sincero, a questão não é preocupar. A gente já provou que pode tanto ganhar como pode perder. A gente tem que chegar com um jogo bem sólido, fazer um bom plano de jogo e executa-lo. Se a gente fizer isso certinho, igual a gente fez hoje… vai dar tudo certo.

Empolgado para a Final

Professor: Eu to bem empolgado para saber se a gente consegue bater de frente com eles numa melhor de cinco. É meio que um mistério que acontece, qualquer coisa pode acontecer no stage. É um grande mistério. Você pode se preparar o quanto for, e ai um cara brilha tanto que só carrega sozinho e você não tem o que fazer. Então eu não penso muito, penso apenas que possa ser um jogo empolgante.

Recado Final para a Torcida

Professor: Eu gostaria de agradecer os fãs que estão torcendo pela gente, por não desistir da gente. Acho que a equipe nunca ganhou nada de expressão, nunca ganhou nada, ganhou um campeonato faz muito tempo, então a torcida ainda acredita na gente, quer gritar, quer torcer, quer vibrar, então eu acho muito bacana ter toda essa torcida e todo esse apoio, queria agradecer muito por isso, obrigado!

A Vivo Keyd terá pela frente a ProGaming que bateu a Red Canids ontem por 3×0. A final acontece nos estudios da BBL Esports, neste sábado (17) a partir das 13h00.

About author

Vinicius "Empolgou" Pedroso

Criador e Administrador da Empolgou CBLOL - Formado em Informatica para Gestão de Negócios, mas nunca utilizou sua formação. Apaixonado por futebol e jogos. Organizador de campeonatos, como a Empoliga, Circuito Empolgante e Cartola Face. Além de Narrador e Streamer nas horas vagas.

Your email address will not be published. Required fields are marked *